12 de jun de 2013

Dia dos namorados e Armazem do seu Brasil apaixonado


             
             Mesmo reconhecendo a interferência voraz do quem vende, a fome comercial que atropela todas as pessoas em datas como Dia dos namorados reconheço que é bacana transitar e observar as manifestações públicas nas redes sociais, nas ruas, nas programações da tv e de rádio, nos jornais e revistas, enfim, o AMOR ocupando espaço no ar. Por muito tempo, me incomodei com tal situação. Agora, "ligeiramente forjado" pela idade e pelas vivências observo este fenomeno com outros olhos.
              Para celebrar e festejar o tal dia dos namorados poderia parafrasear Drumonnd, Vinicius, Chico, Fernando Pessoa e tantos outros que já falaram de amor, porém tomei uma outra decisão. Publicar fragmentos de textos de amigos do Armazém. Ao acompanhar as referidas postagens decidi homenagear a todos e a todas com as seguintes citações:
          ...   Bom dia para você que enfrenta todos os dias as dificuldades que é se relacionar com outra pessoa... E que tem a consciência que namorar é um exercício diário, que presentes são espontâneos e não dados em uma data comercialmente folclórica!...Márcio Ferraz.      
  ...  Em época de parcos recursos e palavras de amor jogadas ao vento, vale mais uma atitude positiva, um ombro, um cafuné, um ouvido atento, uma parceria forte e sempre presente. Na boa e na ruim, no samba e na ópera, no camarão e na sardinha, na praça do STA ou na Praia do Forte. Isso é AMAR, isso é AMOR. Feliz por mais ano com minha senhora, dona Jana Seibel, mãe da minha prole e minha eterna namorada. Bjuss, Te Amo, nega véia (este, por conta da Duda kkk)!!...Samuel Guedes

 
"Se tu me amas, ama-me baixinho, não grites de cima dos telhados. Deixe em paz os passarinhos, deixe em paz a mim! Se me queres, enfim, tem que ser devagarinho, Amada, que a vida é leve, e o amor mais breve ainda..." - Mário Quintana, citado pelo Lúcio Machado.   

           Gostaram? Eu também. Acrescentando que, nos últimos 15 anos de minha existência, fui apresentado de forma mais contundente, esclarecedora e caliente sobre as mais diferentes manifestações do sentimento. Distante dos clichês de filmes americanos ou da linguagem banalizada das redes sociais, onde todos se amam por atacado. E foi assim, na companhia da Patricia - minha eterna namorada e metade de limão siciliano - que pude exercitar as coisas que o Djavan cantou nos discos e o Neruda escreveu nos livros. Fechado? Obrigado pelo aprendizado e beijo no centro, lembra disso?
 
         Mudando de assunto, mas mantendo a temática do amor. No próximo domingo, dia 16/06/2013, das 13h às 15h, na www.radioestacaoweb, Armazém do seu Brasil dos NAMORADOS. Jorge Aragão, Ivone Lara, Emílio Santiago, Luiz Carlos da Vila, Péricles, Drumond de Andrade e muito mais. Vamos??