2 de mai de 2016

Ser avô é ser pai com açúcar mascavo, morangos e cobertura de chocolate...É doce demais!!




E o cara chegou....\\0/\0/\0/\0/\0/  Para alguns Ricardinho, para outros Rick...na minha conta "Cadão!!"                                         


                Existe emoção maior do que marcar um gol em Grenal com estádio lotado no final do campeonato?? Comer um churrasco com carne bovina uruguaia acompanhada de uma boa Norteña?? Ou visitar o camarim do cantor "do coração"?? Ou apadrinhar o filho do melhor amigo?? Ou um passeio de lancha em pleno Oceano?? Desfilar na Marques de Sapucaí em dia do principal desfiles das escolas cariocas?? Ou receber uma nota máxima durante a Defesa da Tese?? Ou um beijo da pessoa amada na festa de Revellion?? Ou um banho de chuva em pleno verão?? Ou uma taça de vinho chileno à frente da lareira no rigoroso inverno gaúcho?? Ou um bom prêmio de alguma loteria?? Ou receber um SIM no altar da Igreja clássica da Cidade?? Ou o passeio de férias tão esperado no ano todo?? Ou o resultado de melhor nota na apuração do Carnaval??
                Eu tenho a resposta para todas estas perguntas. Simples. Experimente receber a notícia de que em pouco tempo sua condição no registro civil vai mudar. Duvida?? Então ouça sem tremer o beicinho de que será VÔ ou VÓ. Experimente?? Confesso que, possivelmente o entusiasmo da noticia só será menor quando pegar no colo o "mocinho ou a mocinha".
               Putz...Em meio à dureza dos dias em que vivemos, receber uma noticia como esta modifica até nosso olhar para um mundo diferente. Por exemplo, nem sei muito bem por onde começar, mas farei tomarei imediatamente uma aulas para aprender a andar de bicicleta e a tocar violão.
              Por que?? Simples. Quem passeará na praça com o bebê da Polyka e do Nelson, nossx netinhx?? E para dormir?? Quem será o responsável pela serenata?? Quero ao lado da dinda Karol (com seu violão e o carron), a vó Paty, o teclado da tia Isadora, ampliar o coro e o grupo musical que irá embalar o sono da criança.
             To exagerando?? Acho que não... Estou sim é muito feliz com a primeira criança, das muitas que preencherão nossos futuros dias de aposentadoria.
             Energia e saúde a todos...E para os avós "muito açúcar mascavo, morangos e chocolate" para adoçarem a vida dos netos.
 
                      Edinho Silva
 
"...Avós não tem responsabilidade de educar, parte mais difícil de ser pai e mãe, fazendo com que a relação com os netos seja mais leve e prazerosa do que com os filhos, avós não tem o dever da rotina, que acaba nos estressando demais devido a correria do dia a dia com as crianças, avós aparecem quando tem vontade, fazendo com que o tempo com os netos seja só alegria e prazer, avós podem dar o doce ou o presente que quiser para eles pois avós não sentem a culpa que os pais sentem…entre tantas outras coisas..."        trecho extraído do site a "Importância dos avós".