23 de nov de 2016

Dia nacional do Samba?? Tem que ser todo dia, ora bolas...



            Posentão...

            Para compartilhar vivências sobre samba não precisa muita coisa. Alguns instrumentos, umas geladas, resenhas sem limites, alguns "canários" e "canárias", alto astral e bom humor. E se tudo isso acontecer no meio de uma Escola de Samba?? E se for na abertura de uma festança que promete muita coisa legal em comemoração ao Centenário do Samba?? E se for no Dia Nacional do Samba??  E se reunir "gente" do samba de ontem e de hoje de Porto Alegre?? E se tiver roda de samba contemporânea e a Velha Guarda da Bateria dos Bambas da Orgia ao final da função??E o que tá faltando para esta festa - SAMBA PORTO ALEGRE ser uma noite inesquecível?? Tua presença. Bem simples. 
           Estaremos "abrindo" os trabalhos do dia, das 20h às 21h30min, com a função do Armazém do seu Brasil - uma mistura de bate papo, roda de samba, convidados ilustres e a energia toda no ar...que muita gente já conhece, seja do blog armazemdoseubrasil.blogspot.com ou do programa de rádio - todos os domingos, das 13h às 15h, no www.radioestacaoweb.com
          Logo a seguir, chega o Pagode da Nena, a RODA DE SAMBA com Guinter Vieira, Michael Sampaio, Carlinhos Presidente e muito mais.
          Na saideira, sob o comando da batuta do Mestre Nilton Deoclides, o show memorável da Velha Guarda da Bateria dos Bambas da Orgia.
         Faltou alguma coisa?? Sim. Café da manhã e caldinho de feijão. Então não falta mais nada....Isto também tá garantido.
          Então reúne tua turma, tua família, o pessoal do amigo oculto do Natal, os "guris" da firma, as gurias da Academia e te joga no samba. Quero te ver por lá...Chega cedo para aparecer nas filmagens, fechado??
 
Afinal, devemos celebrar o SAMBA nosso de cada dia.
 
Presenças ilustres no Armazém (confirmadíssimas): No regional "Os BRASILEIROS" - Rogério Sete Cordas (violão), Silvio Xavier (cavaco), Fábio Ananias (pandeiro e voz)
Participações especiais: Alex Bagé, Maria do Carmo Carneiro, Carlinhos Presidente e Renata Pires e muitos outros que estarão confirmando nos próximos dias.

No bolso errado não vale...





               A estória que  o Carlito Trovão me contou é sobre um amigo sambista, o paranaense Joãozinho Governador. Cavaquinista dos bons, embora nunca tenha pisado em solo gaúcho, mantém boas relações de amizade por estas bandas.
              Com parentes no RJ, mais precisamente na Ilha do Governador, o namorado da "Guta", adotou o apelido e o chiado carioca. Segundo ELE vende melhor os shows se o sujeito chegar "chiando". E quem cuida de sua carreira profissional?? A Guta, sua mulher. Profissional liberal da comunicação, assessora de imprensa e agente da carreira do moço possui muitas qualidades e alguns pequenos defeitos. Entre estes, o pavio curto com distrações. O maior pecado do nosso sambista.
              Outro dia, o cara iria participar de um grande evento de boa repercussão. Uma grande oportunidade de visibilidade gratuita, pois teria cobertura de rádio e tv. Antes de sair de casa, rumo ao evento, a empresária Guta alcançou ao artista um papel com toda a agenda do Joãozinho Governador para que ELE anunciasse, em rede nacional, sua agenda e falasse sobre seus apoiadores. O sambista agradeceu a preocupação e colocou o papel dobrado no bolso traseiro da calça.
              O evento, lotado de pessoas, de fato tinha ampla cobertura jornalística. No exato momento em que o sambista foi chamado para apresentar sua música de trabalho, sua sempre atenta empresária e namorada, fazia sinais desesperados para que ELE não deixasse escapar a chance de falar ao microfone para milhares de pessoas, no local e em casa, seus futuros compromissos e uma "massageada" nos apoiadores. O moço devolveu o sinal com a cabeça, dizendo que estava tudo dominado.
             No exato momento em que apanhou o papel no bolso, depois de anunciar no microfone que todo conheceriam sua agenda de shows, sua expressão no rosto foi mudando e um sorriso amarelo foi tomando conta. Sim. Não era o papel dos compromissos profissionais. Como o artista havia trocado de calça, o texto do bilhete tinha escritos completamente diferente ao momento. E o que trazia?? "Não esquece de trazer: 2 litros de leite, meia dúzia de ovos, 1 pacote de massa, algumas bananas, o alface e cebolas para o molho". Putz!! o cara foi para o evento com a lista da Mercearia no bolso...
             Questionado sobre como poderia esquecer de algo tão importante, limitou-se a responder: "É muita informação...muito amendoins na cabeça".

Se cantando espantamos os males, imagine SAMBANDO, né Chris Rafa??



                                                  Chris Rafa e Nick Rodrigues -acervo pessoal

            Confesso que, conheci ainda menino, o filho da dona Regina e do Beto. Menino tímido, mas ao mesmo tempo curioso e inquieto. Sempre que visitava o local de trabalho de seu pai, ficava por um longo tempo ouvindo sambas no computador da Repartição. De tempos em tempos perguntava a seu pai, por onde andava o "Rafa" - o caçulinha, irmão mais novo do Anderson e da Kely?? O Betinho respondia de pronto: "Hoje pela manhã ficou em casa. Na tarde ia para a Escola e no tempo livre sempre procurava alguma coisa para fazer.

           Sua paixão pelo Gremio desde muito cedo contrastava com o "coloradismo" de seu pai. Entretanto o interesse pelo Samba e pelo Carnaval mantinha a familia unida. De seus irmão não soube muitas coisas, porém do pequeno Rafael - o primeiro dos filhos que conheci - recebia noticias de todos os lados. Por trabalharmos próximos, acompanhava os diálogos telefonicos de seu pai com o pequeno Rafa. Religiosamente, todas as manhãs isso acontecia. Curioso, sempre buscava saber o que fazia o flho do meu amigo. A resposta era sempre a mesma: "Pô, Edinho...o Rafa faz tudo. Quer se meter em tudo que vê pela frente." Seu irmão mais velho, o Anderson já trilhava sua caminhada no "campo da percussão" e tocava muitos instrumentos. E o que o caçula fazia?? Seguia e acompanhava tudo a uma distância curta. Passou a batucar e tocar todos os instrumentos que caia na sua frente. E assim foi lapidando-se mais um artista da Cultura Popular de Canoas e do RS. Não deixava escapar nada. Era encontros da Igreja do bairro, era ensaio da Escola de Samba do bairro, era o baile e a quermesse da escola, os ensaios do grupo de samba da familia. Não tinha paradeiro, mesmo.
           O moço foi crescendo, amadurecendo e iniciando sua trajetória no mundo do Carnaval. Em 2003, Chris Rafa como é conhecido no meio carnavalesco foi convidado para ser passista mirim na entidade canoense Acadêmicos de Niterói. Em 2008, já era o 3° passista da Escola. No Carnaval de 2013 assumiu o posto de 1° passista. Em 2015, trocou de entidade e desfilou na Protegidos da Princesa Isabel, de Novo Hamburgo no posto de 1° passista. Em 2016, migrou para Porto Alegre e desfilou como 3° passista no Bambas da Orgia, recebendo boas dicas do competente e premiado passista Adilson - primeiro passista da Escola.
           Participando como co-fundador do Projeto Social de Dança "Eu sou o samba", atualmente atua como monitor do Projeto e prepara-se para realizar um grande desfile no Carnaval 2017 ao lado da jovem e talentosa passista Gabriela Barbosa, na condição de 3o. passista da Imperatriz Dona Leopoldina, de Porto Alegre. 
            Não falei que o "cara" fazia uma pilha de coisas??
                                         Fabricio Lemos, Nick Rodrigues e Chris Rafa

           No dia 24/11/2016, no Ateliê 1, o Chris Rafa na companhia da passista Nicole "Nick" Rodrigues, monitora do Projeto Social "Eu sou o samba" estará conversando e apresentando uma performance aos convidados do Sarau do seu Brasil.      

           Um pouco mais sobre a Nick, a primeira passista da Imperatriz dona Leopoldina em 2017: 
            Começou sua trajetória carnavalesca em 2006, desfilando pela extinta Real Academia como rainha mirim. No ano seguinte, foi rainha mirim da entidade Embaixadores do Ritmo. No carnaval de 2009, foi convidada para ser passista mirim de Bambas da Orgia, onde se manteve na escola até o Carnaval de 2016, sendo 3° passista da escola desde 2013.
            Através do aperfeiçoamento de sua dança foi reconhecida ao lado do passista Fabricio Lemos (1o. passista da Imperatriz e monitor do Projeto Social "Eu sou o samba") como uma das novas revelações do Carnaval de Porto Alegre.














































21 de nov de 2016

Armazem do seu Brasil num espaço de arte - Atelie 1



            No próximo dia 24/11/2016, quinta-feira, a partir das 19h30min, no espaço de Arte e Cultura, conhecido como Atelie 1 (Senhor dos Passos, 259, sala 61, Centro Histórico de Porto Alegre) estaremos apresentando o Sarau do seu Brasil - uma roda de conversas com sambistas, compositores, arranjadores, profissionais do mundo do Samba e do Carnaval da Cidade. ARMAZÉM DO SEU BRASIL

            O Armazém do seu Brasil - o blog cultural - armazemdoseubrasil.blogspot - que completa 6 anos de existência no ano em que celebramos o centenário do samba propõe uma programação com muita interatividade, energia, provocações reflexivas e "coisas verde e amarelas". Tudo isso nos espaços de cultura e arte do Atelie 1. 

            O espaço escolhido - Atelie 1, não poderia ser mais apropriado. Muita arte, pintura, fotografia, argila, gente bacana, grafite, costura, tapeçaria, esculturas, entre outras coisas. E assim com estórias, suas obras autorais, clássicos de sambas de todos os tempos num momento em que, nosso País clama de boas energias e momentos de leveza e arte preparamos nosso Sarau com cara de Brasil.

         O compositor e sambista Carlinhos Presidente - o sambista do povo" comandará a roda de samba, apresentando um pouco da sua biografia e trajetória. E os bailados? Ficam por conta do Chris Rafa e da galera do Projeto Social e Cultural "Eu sou o samba"
Vai ficar de fora??


O Ateliê Um acredita no livre acesso à cultura, por isso, a entrada é franca

Serviço:

Sarau do seu Brasil
Dia 24/11/2016 - quinta-feira - a partir das 19h30min
Local: Atelie 1 - rua Senhor dos Passos, 259 - sala 61 - Centro Histórico
Investimento cultural: Nenhum. Ingresso a 0800. (doação de um livro opcional)
Serviço de bar disponível no local