3 de jan de 2014

Feliz 2014 - Sonho, planejamento, foco e colheita - parte 1




 
Meus queridos e queridas...

             A primeira vez que ouvi o Rafa Machado e a galera do Chimarruts cantarem o reggae "Não deixe de sonhar" fiquei pensando sobre o efeito da música numa turma ao redor de uma fogueira. Velho, adulto, jovem ou criança, mulheres, homens, brancos, pardos, amarelos, pretos, vermelhos. Enfim, gente batendo na palma da mão ao som de violão cantando uma música "bacaninha e despretensiosa". Certo?? ERRADO. Sem muita profundidade, mas com um recado reto falando de sonhos e sorrisos. Ouvi pela segunda vez. Terceira. Quarta. Quinta. E ouvirei uma vez por semana. Garanto a vocês.
            Fico imaginando os versos "...Não abra mão dos próprios sonhos...", enquanto dirijo meu carro com o vidro aberto, vento batendo no rosto. Péra aí, mas tu dirige, Edinho Silva?? Não. Mas se eu pegar um ônibus, um trem, uma lotação, uma carona ou até mesmo andar pela minha Porto Alegre (agitada pelas obras da Copa do Mundo que agora terá, segundo o prefeito Fortunatti, apenas 2 obras concluídas das 10 prometidas) não tá valendo o vento contrário e a oportunidade de sonhar?? Lógico. No meu caso específico, agradeço aos céus, pela saúde, trabalho e oportunidades que possibilitam minha família deslocar-se (de carro) com as gurias lá de casa no volante. Então sou um co-piloto que sonha de olho aberto. Dirijo a trilha sonora que anima nossos deslocamentos e abasteço com informações de GPS paraguaio. Simples.
          Voltando à música e à letra. Rima fácil, arranjo conhecido, percussão sutil, porém de meia dúzia de palavras na testa, no peito e por que não na ALMA?? Por que?? Porque recomenda o seguinte "...Não deixe de sonhar, pois não vá encontrar quem vá sonhar por ti...". Simples, como um pão com manteiga.
           Então, desejo a todos e a todas um 2014 promissor, com sonhos, planejamento, foco e colheita boa. E a Copa do mundo?? DEixa pra lá...Vai acontecer mesmo, não tem jeito...sem festa regional em junho em algumas capitais do Brasil, sem churrasquinho na porta do estádio, sem guaraná fruki no isopor a menos de 500m do campo, sem camiseta de seleção vendida no camelô, tendo que engolir as barbáries impostas pela FIFA e endossadas pelas nossas autoridade.
SONHA, PLANEJA, FOCA, EXECUTA E COLHE o resto é propaganda de temakeria (tem em qualquer esquina da cidade).
          Beijo grande.

                Edinho Silva

Em tempo: Recomendo o acesso ao blog (conhecer as histórias da primeira fase) e ouvir todos os domingos, das 13h às 15h (inéditos) e quartas-feiras, depois da meia noite. Onde?? www.radioestacaoweb.com o nosso programa de rádio na web. 

http://www.youtube.com/watch?v=ZiGalG62-KY