7 de ago de 2015

Boas lembranças, seu Baixinho!!! Saudade é fogo!!!





                   O seu Edison Rodrigues, o "Baixinho", como era conhecido pelos parentes e alguns amigos era um sujeito bastante bacana. Generoso, capaz de tirar seu casaco num rigoroso inverno gaúcho para ofertar a quem precisasse. Tinha que ser amigo ou da família?? Não precisava, pois poderia ser um vizinho ou até mesmo um desconhecido.
                   Sujeito criativo, marceneiro dos bons, que transformava um pedaço de madeira usada em móvel de loja de grife. Ou um pedaço de madeira nova em verdadeiras peças de arte de algumas casas de conheci. Era "careiro"?? Que, nada. Testemunhei muitos calotes que o moço tomou na vida.
                  Tolerante e acolhedor nas relações em casa, pois sua palavra não era a última?? E isto trouxe prejuízos na educação dos filhos?? Acho que nenhum. Ou se trouxe, uma "terapiazinha básica" dá um jeito. O real legado foram os valores de justiça, honestidade, afeto, solidariedade, alto astral, bom humor e muita coisa legal. Isto não compramos na livraria, no "shoppis" ou na internet. Cervejeiro, gremistão e churrasqueiro dos bons. Alguma semelhança comigo?? Todas. Parceiro de uma boa leitura de jornal e um bom samba na vitrola. Herança divina. Amigos dos amigos e sempre disponível para uma ajuda física ou profissional. E financeira?? Também. Quando tinha, TODOS TINHAM.
                 Embora tivéssemos algumas diferenças (gostos gastronômicos, filmes e programas de Comédia na tv, cores das roupas, entre outras coisas), preciso contar ao mundo que tenho saudades do teu convívio, da torradinha de frigideira que fazias todos os dias (só agora percebo a importância do alimento na minha força física e intelectual), lamentando não teres conhecido meus filhos, os outros netos, daqui há pouco teu bisneto (filho da Poly) e minha nova família (a Paty, a Karol, a Jade, a Paola, o Enio e a Esmeralda), meu bigode, o Armazém do seu Brasil - o blog e o programa de rádio, a Arena tricolor, o novo momento da economia e política brasileira, etc. Enfim, se pudesse voltar no tempo não me queixaria da fumaça que saia do pão frito direto no cabelo, assistiria mais Bolaños Chaves contigo, ouviria mais samba, assaria um bom churrasco pra ti e sem culpa relaxaria meus quase 100kg no "teu doce colo".
                 Posso até não apertar um parafuso com teu talento, mas um desajeitado e caloroso abraço nas pessoas...EU APRENDI A DAR.
                 Muito obrigado, meu pai...Um dia te reencontro para te contar mais coisas da minha vida que, infelizmente não conheceste.
 
Carminha e Baixinho - dia de mãe e de pai, sem vocês é duro!!! Putz...
 

O CETE traz um ilustre convidado - o internacional dançarino Carlinhos de Jesus

                      
 
 
                       No último sábado, em meio a uma folga profissional, pude reencontrar meus amigos e parceiros CETEANOS, como são conhecidos os integrantes do CETE - Centro de Estudos e Pesquisas de Temas Enredos: o Sérgio "Barsa"* Peixoto, Gerson Brisolara, Luiz Roberto Correa e muitos outros. Na oportunidade conversaríamos sobre memória do carnaval, com a professora de História e pesquisadora Helena Cattani, responsável pela coordenação de memória do CETE e na segunda palestra um animado bate papo com Gefferson Fabiano Araújo, coordenador e coreógrafo da sempre elogiada comissão de frente dos Imperadores do Samba sobre coreografias e todos os segredos que envolvem uma Comissão de Frente de uma Escola de Samba. Na plateia convidados de diferentes cantos do Estado e personalidades do Carnaval como a campeoníssima Onira Pereira, porta estandarte dos Bambas da Orgia.
Repetindo outras oportunidades uma tarde de muita informação, troca de reflexões, idéias e muitas discussões enriquecedoras. Como costumo afirmar sempre que posso:
Vida longa ao   CETE que representa em nome da história, cultura e memória do Carnaval do RS.
                   O sempre acolhedor Sérgio Peixoto compartilhou notícias, informações, histórias, anunciando uma visita ilustre no próximo dia 08/08/2015. O mago da dança brasileira - Carlinhos de Jesus. Assim o simpático e internacional premiadíssimo professor de dança, coreógrafo, dançarino estará batendo um papo com os amigos do CETE. Os apaixonados por Carnaval, simpatizantes de uma boa gafieira e todos os interessados também serão acolhidos. Por que disse: "batendo um papo e não palestrando"? Porque a exemplo de Fernando Pamplona, Noca da Portela, Angelina Basilio e outros tantos ilustres do Carnaval brasileiro o convidado desta semana se sentirá em casa, em meio a amigos falando de arte, cultura popular e de Carnaval. Não sou ilustre, mas tenho esta impressão toda vez que participo de alguma atividade. O Carlinhos prometeu falar sobre tudo: de vida, atividade física, alto astral, Brasil, família, amizade, fantasias criativas, a arte da dança, entre outras coisas.
                   Quer um último conselho?? Chegue bem cedo...para as fotos, conversas preliminares, troca de informações com a gentil galera do CETE. O espaço tem lotação limitada e o clima tá bom para uma boa conversa entre os amigos.
                   Eu vou!! Não posso perder estes momentos...
                   Vamos??
 
Edinho Silva


PROGRAMAÇÃO CURSO DE TEMA ENREDO – MÓDULO 2
Dia 08/08/2015 – 9º encontro – Sala João Neves da Fontoura (Plenarinho) –
3º andar do prédio da Assembleia Legislativa do RS (Praça Marechal Deodoro, 101 –
Centro Histórico, Porto Alegre, RS)

Das 14h às 18h: CARLINHOS DE JESUS, coreógrafo e dançarino.
Investimento cultural (individual): R$ 10,00 para o público em geral.
Sócios do CETE com a mensalidade em dia estão isentos.